Homofobia no futebol
Quem não se posiciona, posicionado está

O futebol é um esporte criado por homens, para homens, aristocratas, numa sociedade machista da Inglaterra do século 19. Evoluiu e se tornou o esporte mais popular do mundo no século 20. Porém, em termos culturais, o esporte mais popular do planeta não acompanhou a abertura do resto do mundo. Ao longo dos anos, se tornou um terreno hostil para qualquer coisa que fosse identificada com o FEMININO. Seja a presença das próprias mulheres, seja a de gays, transexuais, ou qualquer outra variação da identificação de gênero LGBTQIA+. Além de causar muita dor, violência e exclusão, o futebol se tornou porta-voz de ideias preconceituosas que ecoam até hoje nos estádios de todo o mundo. Precisamos falar sobre a homofobia no futebol!

E por mais que a liberdade sexual tenha ganhado força nos últimos 60 anos, o futebol parece resistir. Nunca um atleta brasileiro profissional se identificou com um orientação que não fosse a da heterossexualidade. Isso esconde uma dor e uma vergonha de muitas pessoas, fora os que abandonaram o amor pelo esporte para poder sobreviver. A luta pela tolerância aumentou, mas o trabalho ainda é longo e é responsabilidade de todos que trabalham nessa indústria fazer algo por isso. E a Feel The Match também pensa assim. “Nos Armários dos Vestiários” é uma série de podcast original do GE, produzida pela Feel Th Match, que foi lançada em junho de 2022.

Porque é tão importante ser contra a Homofobia no futebol

Um estudo do Grupo Gay da Bahia, em 2021, relatou que o Brasil registrou 300 ocorrências de mortes violentas de pessoas LGBT+, um aumento de 8% em relação a 2020. Com um total de 276 homicídios e 24 suicídios, o país teve uma morte a cada 29 horas.

Além da óbvia resposta de ser uma questão de humanidade, acima de tudo o futebol deve ser feito para todos. O esporte deve ser um local seguro e receptivo. Inclusive os gays. Sim. Por isso, em pleno 2022, não podemos mais aceitar atitudes dignas de preconceito. Gritos de “Viado”, “Bicha”, e alusões de relações sexistas e abusivas precisam sair de cena.

Em outras palavras, não há espaço para o preconceito no mundo de hoje. E o futebol, esporte reconhecidamente popular, deve ser a ponte ideal para abraçar a todos que queiram fazer parte dessa festa.

Quer saber mais? Conheça a série “Nos Armários dos Vestiários“, podcast original GE, produzida pela Feel The Match. Ouça agora, o podcast da Globo pelo Spotify.

Leia também: A luta contra a homofobia no esporte

Artigos
Esportes no streaming
Se liga nesse artigo da Veja com a opinião do Bruno Maia!
Artigos
O tamanho do futebol
Tamanho da torcida x Tamanho do futebol, por Bruno Maia
Artigos
Nova economia do futebol
Descentralização econômica, diversificação de ativos e tokenização criam novas oportunidades de geração de receita para clubes
Artigos
Romário - Tudo sobre o Rei da Grande Área
Um dos mais poderosos atacantes da história do futebol
Artigos
Histórias do futebol: superações e reviravoltas incríveis
O futebol e suas incríveis histórias
Artigos
Copa de 94
A edição em que o futebol venceu
Ver mais